Boulos relata ataque hacker à página de sua campanha

***ARQUIVO*** SÃO PAULO, SP, BRASIL, 01-05-2022: Ato unificado das centrais sindicais para comemorar o 1º de Maio, na praça Charles Miller, em frente ao estádio do Pacaembu, em SP, com a presença do ex-presidente Lula. Na foto Guilherme Boulos. (Foto: Bruno Santos/ Folhapress)
***ARQUIVO*** SÃO PAULO, SP, BRASIL, 01-05-2022: Ato unificado das centrais sindicais para comemorar o 1º de Maio, na praça Charles Miller, em frente ao estádio do Pacaembu, em SP, com a presença do ex-presidente Lula. Na foto Guilherme Boulos. (Foto: Bruno Santos/ Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O candidato a deputado federal Guilherme Boulos (PSOL-SP) disse nesta segunda-feira (19) ter sofrido com a ação de hackers. O site de sua campanha sofreu um ataque de tipo DDoS, que consiste na realização orquestrada de milhões de acessos simultâneos para sobrecarregar a página, que saiu do ar.

A equipe do candidato conseguiu sanar o problema e, no início da noite desta segunda, o site já estava disponível novamente.

No outro lado do espectro político, o também candidato a deputado Frederick Wassef relatou problemas semelhantes. Segundo ele, sua conta de Instagram (@wassefsp) hackeada na semana passada, o que ele caracterizou como um "atentado à democracia".

Wassef, que também é advogado do clã Bolsonaro, afirmam que milhares de perfis passaram a segui-lo, aumentando de forma artificial o número de seguidores.