Boxeador morre aos 25 anos após coma por nocaute

Boxeador Luis Quiñones foi levado direto para o hospital, onde ficou em coma por cinco dias. Foto: (Reprodução/Instagram)
Boxeador Luis Quiñones foi levado direto para o hospital, onde ficou em coma por cinco dias. Foto: (Reprodução/Instagram)

Uma triste notícia para o esporte colombiano tomou conta do noticiário internacional nesta sexta-feira. O boxeador Luis Quiñones, de 25 anos, que estava em coma induzido desde o último sábado, faleceu na última quinta-feira após passar cinco dias em recuperação por causa da cirurgia necessária para tratar os danos sofridos por um nocaute.

Um coágulo se formou em seu cérebro após Quiñones sofrer um traumatismo craniano em sua luta contra José Muñoz, que marcou por ter sido a primeira, e infelizmente última, derrota do boxeador no esporte. Luis Quiñones, antes do nocaute sofrido, carregava consigo um cartel de 10 vitórias.

Leia também:

Os empresários do atleta, em comunicado emitido nesta sexta-feira, lamentaram o falecimento do jovem boxeador e agradeceram ao esforço da equipe médica em buscar dá-lo sua vida novamente: "O Boxe Cuadrilatero lamenta profundamente a morte de Luis Quiñones, um ser humano excepcional, disciplinado e que sempre mostrou o maior compromisso com este esporte. Gostaríamos de agradecer ao pessoal do Clínica Geral do Norte, que durante este tempo fez o que estava ao seu alcance e cuidou do Luís da melhor forma possível".

Vídeos publicados na internet mostram o momento da luta em que Quiñones é atingido por Muñoz e cai ao chão, tendo a luta sido encerrada por nocaute. O último golpe sofrido não carregou tanta força, mas Luis já não estava em plenas condições de combate.

Já outro registro mostra o momento em que a equipe médica do evento retira o boxeador de maca do ringue e o leva para o hospital.