Bragantino fica no discurso e falha novamente em jogo decisivo

LANCE!
·1 minuto de leitura


A noite da última quinta-feira certamente não vai entrar na história do Bragantino. Depois de muita expectativa e discursos otimistas do treinador e elenco, a equipe não rendeu diante do Palmeiras e ficou em situação delicada na Copa do Brasil.

Para avançar no torneio, Barbieri e Cia precisam vencer o Palmeiras por três gols de diferença no Allianz Parque. Existe também a chance de levar o jogo para os pênaltis. Para isso ocorrer, a vitória tem que ser por dois gols.

Fato é que o Massa Bruta falhou novamente em momento decisivo. Apesar do alto investimento por conta da parceria com a Red Bull, a equipe dá indícios que o seu projeto vai precisar de mais tempo para se consolidar.

No Campeonato Paulista, nem mesmo a melhor campanha na fase de grupos, foi o suficiente para eliminar o Corinthians, que passou de fase na rodada final e chegou cercado de desconfiança ao mata-mata.

No Morumbi, com pouco mais de 1 minuto, o Timão vencia o jogo e construiu a sua vitória sem maiores sustos.

Copa do Brasil

Ao longo da semana o discurso foi de esperança. Barbieri prometeu um time diferente e citou o último jogo entre as equipes como exemplo. O treinador chamou a responsabilidade e prometeu usar os espaços deixados pelo rival.

Quando a bola rolou nada foi concretizado. Desajustado e preso a marcação, o Bragantino foi atropelado pelo Palmeiras e o resultado de 3 a 1 ficou barato pelo que foi apresentado, principalmente na etapa inicial.

Agora, Barbieri e elenco precisam dar uma resposta ao seu torcedor. Na próxima quinta-feira, o Palmeiras novamente será o adversário a ser batido e apenas uma grande atuação poderá acalmar os ânimos pelos lados do Nabi Abi Chedid.