Brasil é alerta de que a Covid-19 requer atenção contínua das autoridades, diz OPAS

com agências internacionais
·1 minuto de leitura

RIO — A Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) alertou nesta quarta-feira sobre a evolução da pandemia da Covid-19 no Brasil, onde foi registrado um novo recorde de mortes pela doença em 24h na véspera, e destacou a necessidade de liderança para conter o avanço do coronavírus.

— A situação no Brasil é um alerta de que manter este vírus sob controle requer atenção contínua das autoridades e líderes de saúde pública para proteger as pessoas e os sistemas de saúde do seu impacto devastador— disse a diretora da OPAS, Carissa Etienne.

Segundo a OPAS, nas últimas semanas, o Brasil relatou o maior número de novas infecções nas Américas e o segundo maior número de mortes diárias por Covid-19 no mundo. Várias regiões do país estão enfrentando infecções recordes e estão com leitos hospitalares quase lotados.

— Os governos locais e nacionais devem agir ao primeiro sinal de que as infecções estão aumentando, implementando medidas para retardar a transmissão. Não podemos esperar — acrescentou Etienne.

A diretora da OPAS pediu que as autoridades protejam a população brasileira. Ela também destacou que a Covid-19 avança rapidamente em metade dos países das Américas.