Brasil e 10 países das Américas repudiam mortes em protestos na Venezuela

Bogotá, 17 abr (EFE).- Os governos do Brasil e de outros dez países da América Latina repudiaram nesta segunda-feira as mortes de seis pessoas nos protestos realizados na Venezuela nos últimos dias e pediram que seja evitado "qualquer ato de violência" nas manifestações convocadas para a quarta-feira, conforme informou a Chancelaria da Colômbia.

"Manifestamos nosso profundo pesar e rejeição pela morte de seis cidadãos nos protestos que aconteceram na República Bolivariana da Venezuela nos últimos dias e expressamos nossa solidariedade e condolências a seus familiares", diz a mensagem conjunta divulgada em Bogotá.

A declaração está assinada por Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, Honduras, México, Paraguai, Peru e Uruguai. EFE