Brasil abre 35.612 vagas formais de trabalho em fevereiro e interrompe 22 meses de queda

BRASÍLIA (Reuters) - O Brasil registrou criação líquida de 35.612 vagas formais de emprego em fevereiro, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgado pelo Ministério do Trabalho neste quinta-feira, primeiro dado positivo mensal desde março de 2015 (+19.282 vagas).

De maneira incomum, o dado foi anunciado em coletiva de imprensa pelo presidente Michel Temer e pelo ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, no Palácio do Planalto, em meio ao um momento político sensível após o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pedir ao Supremo Tribunal Federal (STF) a abertura de inquérito de seis ministros do governo.

Em seu discurso, Temer afirmou ter certeza que a inflação fechará o ano abaixo do centro da meta de 4,5 por cento e também afirmou que o Congresso Nacional continuará apoiando as medidas de seu governo.

(Por Marcela Ayres e Lisandra Paraguassu)