Brasil abriu 343 mil salões de beleza em dois anos

Brasil abriu 343 mil salões de beleza em dois anos. Foto: Getty Images.
Brasil abriu 343 mil salões de beleza em dois anos. Foto: Getty Images.
  • Mais de 11 mil negócios no setor de beleza foram criados em junho deste ano;

  • Brasil é o quarto maior mercado consumidor do mundo no setor de salões de beleza;

  • Setor de salões de belezas é o segundo maior em quantidade de empreendimentos ativos por todo o território nacional.

A indústria da beleza, que tem seu fronte composto por profissionais como cabeleireiros, manicures e pedicures, cresce muito rápido no Brasil.

Dentro do setor, mais de 11 mil novos negócios surgiram só no último mês de junho, ou seja, uma quantidade 28,5% maior que a do mesmo período em 2020 e também em 2021, quando se viu um crescimento de 4,4%.

Entre 2020 e 2022, mais de 343 mil estabelecimentos foram abertos no país, que atualmente ocupa o quarto lugar dos maiores mercados consumidores do mundo na área de salões de beleza, de acordo com o Estadão.

Leia também:

Ainda que a pandemia tenha encolhido um pouco a criação de novos negócios do gênero, o setor continua entre os três que mais abrem empreendimentos. Na frente estão apenas o comércio varejista de roupas e o de promoções de vendas.

Contudo, segundo o levantamento do Estadão, com dados da plataforma Mapa de Empresas, do Ministério da Economia, o setor dos salões de belezas é o segundo setor maior em quantidade de empreendimentos ativos por todo o território nacional: ao todo, são mais de 790 mil empresas.

Os números apresentam ainda mais força na área de estética, que teve alta de 63,4% em número de CNPJs abertos no último mês de junho - 5.318 - em comparação à mesma data em 2020 - 3.257.

O grupo abarca serviços como cuidado com as unhas, limpeza de pele, maquiagem, depilação, entre outros.

*Com informações do Estadão.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos