Brasil captura barco venezuelano que pescava ilegalmente em suas águas

·1 minuto de leitura
Foto divulgada pela Marinha do Brasil de um bote da Marinha do Brasil interceptando um barco de bandeira venezuelana que realizava atividades pesqueiras ilegais na costa do Amapá, em 13 de abril de 2021

O Brasil interceptou um barco de bandeira venezuelana que praticava pesca ilegal no Nordeste do país, informou a Marinha em nota nesta sexta-feira (16).

A operação foi realizada por unidades navais e aéreas no dia 13 de abril em águas pertencentes ao estado do Amapá (norte).

A embarcação transportava cerca de 600 quilos de peixes sem licença.

“A Marinha apurou que a embarcação, composta por 14 tripulantes, saiu da cidade de Margarita, na Venezuela, parou para abastecer no Suriname, veio até a costa brasileira para pesca, e voltaria para Margarita”, detalha o comunicado.

As autoridades enfatizaram que o carregamento continha pargo e garoupa.

A pesca de garoupa é proibida no Brasil por se tratar de uma espécie vulnerável. O navio foi escoltado até o porto de Santana, no Amapá.

A situação da tripulação ou suas nacionalidades não foram informadas.

O caso será encaminhado à polícia e aos órgãos ambientais “para que sejam adotadas as medidas cabíveis”. A Marinha informou que é o segundo caso do tipo em um mês.

“No dia 18 de março, a Marinha apreendeu outra embarcação venezuelana, no Amapá, que transportava mais de 4 toneladas de pescado da espécie pargo sem licença para atividade de pesca”, disse.

Os quinze tripulantes deste navio foram apresentados à polícia.

pr/mel/dg/jc/mvv