Brasil chega a 20% de adultos totalmente imunizados contra a Covid

·1 minuto de leitura
*ARQUIVO* SÃO PAULO/ SP, BRASIL,  06/05/2020. UTI de tratamento do coronavírus o COVID19 no hospital alemão Oswaldo Cruz. (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)
*ARQUIVO* SÃO PAULO/ SP, BRASIL, 06/05/2020. UTI de tratamento do coronavírus o COVID19 no hospital alemão Oswaldo Cruz. (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Brasil chegou a 20,27% de pessoas com mais de 18 anos totalmente imunizadas contra a Covid, ou seja, aquelas que receberam duas doses de uma das vacinas com uso aprovado no país ou a dose única da Janssen.

Isso representa 32.618.858 pessoas imunizadas no país.

Já a primeira dose foi aplicada, até o momento, em 87.060.402 brasileiros, o que representa 54,10% da população com mais de 18 anos no país.

Mesmo com esses dados, os cuidados sanitários básicos, como uso de máscara e distanciamento social, permanecem essenciais para proteção contra a Covid. A prevenção é ainda mais importante considerando a variante delta, que tem provocado surtos em locais com campanhas vacinais avançadas.

Nesta quinta-feira (15), foram registradas 1.227.888 aplicações de vacina. De acordo com dados das secretarias estaduais de Saúde, foram 727.747 primeira doses e 385.638 segundas. Também entram nessa conta 114.503 doses únicas da Janssen aplicadas. Os dados de imunização foram atualizados em 24 estados e no Distrito Federal.

Os dados do país, coletados até às 20h, são fruto de colaboração entre Folha de S.Paulo, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas pelo consórcio de veículos de imprensa diariamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorreu em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (sem partido), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos