Brasil e Argentina fazem acordo para destravar venda de blindados brasileiros

Lula e o presidente da Argentina, Alberto Fernández, assinam acordos em Buenos Aires

Por Lisandra Paraguassu

BUENOS AIRES (Reuters) - Um dos resultados da viagem do presidente Luiz Inácio Lula da Silva a Buenos Aires, nesta segunda-feira, foi a iniciativa de destravar a venda de 156 blindados brasileiros da empresa Iveco para o governo argentino.

Os veículos "Guarani 6x6" são fabricados no Brasil, mas têm em sua composição peças argentinas. O acordo, que prevê a transferência de tecnologia, ficou parado por alguns anos, durante todo o governo anterior e vai ser retomado agora.

"Encorajarão a negociação do contrato entre o Exército Argentino e a IVECO Veículos de Defesa para a incorporação de 156 unidades do Veículo Blindado de Combate sobre Rodas 'Guarani 6x6', incluindo a transferência de tecnologia, a compensação para o aumento progressivo na fabricação de peças na Argentina, o apoio logístico e para o treinamento de tripulações e pessoal técnico do Exército Argentino", diz trecho do acordo assinado nesta segunda.

O acordo serve de incentivo também para o investimento brasileiro na indústria de defesa, que Lula pretende fazer crescer.