Brasil é país que mais reconhece importância das vacinas, segundo estudo

·1 minuto de leitura
A syringe is prepared with the Pfizer COVID-19 vaccine at a clinic at the Reading Area Community College in Reading, Pa., Tuesday, Sept. 14, 2021. (AP Photo/Matt Rourke)
Foto: AP Photo/Matt Rourke
  • Para 83% dos brasileiros é importante ter vacinas em dia

  • Índice aumentou após a pandemia

  • País também demonstra maior preocupação com a saúde

O Brasil é o país em que as pessoas mais valorizam a vacinação, segundo um estudo das empresas GSK e Kantar, que analisaram oito nações. A pesquisa mostrou que 83% dos brasileiros acreditam ser importante manter a carteira de imunização em dia.

Entre canadenses, o índice é de 67%. Já entre italianos é de 65% e 64% entre os japoneses.

A pandemia de covid-19 foi responsável por aumentar a percepção da importância da vacinação no Brasil. Antes, a taxa de brasileiros que consideravam essencial estar com as vacinas em dia era de apenas 59%.

Leia também

Outro dado levantado pelo estudo é que 49% dos brasileiros querem mais informações sobre a imunização, com explicações mais detalhadas sobre as vacinas, incluindo motivos que levaram à recomendação do imunizante e seus benefícios.

A pandemia também teve impacto na percepção de outros países sobre vacinas. Antes da pandemia, o índice era de 32% e no Japão de 30%.

O levantamento entrevistou, entre julho e agosto deste ano, 16 mil pessoas com mais de 50 anos no Brasil, Reino Unido, na Espanha, Itália, França, Alemanha, nos Estados Unidos e no Canadá.

Os brasileiros também foram aqueles que deram mais importância para a saúde e o bem estar - a questão foi destacada por 85% dos entrevistados. Em seguida, vêm os italianos, com 84%, e os alemães, com 80%.

Os brasileiros também estão entre os que mais realizam exames de rotina. 88% dos entrevistados afirmaram ter feito exames nos últimos cinco anos.

Outro destaque do estudo é a diferença entre homens e mulheres na relevância dada à saúde. Entre todos os entrevistados, a preocupação foi mencionada por 81% das mulheres e 71% dos homens.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos