Brasil está 'regredindo de mãos dadas com a barbárie', diz Soraya Thronicke sobre morte de apoiador de Lula

***ARQUIVO*** SÃO PAULO, SP, 19.08.2022 - Retrato da candidata do União Brasil à presidência da República, Soraya Thronicke. (Foto: Adriano Vizoni/Folhapress)
***ARQUIVO*** SÃO PAULO, SP, 19.08.2022 - Retrato da candidata do União Brasil à presidência da República, Soraya Thronicke. (Foto: Adriano Vizoni/Folhapress)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - A candidata à Presidência pela União Brasil, Soraya Thronicke, afirmou que o Brasil está regredindo de mãos dadas com a barbárie. O comentário foi postado em uma rede social em reação à morte de um homem que defendia o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) por um apoiador do presidente Jair Bolsonaro (PL).

"Tem gente morrendo no Brasil por causa de adversidade política e partidária. Enquanto eles brigam, quem apanha é o povo brasileiro", escreveu. "Envergonham o País com corrupção, nos distraem com a polarização e, além disso, derramam sangue alheio."