Brasil já tem a maior taxa de mortalidade por covid-19 das Américas

(Arquivo) Bolsonaro continua minimizando a gravidade da pandemia