Relembre a campanha do Brasil no Pan 2019

O Brasil foi ouro no basquete feminino (AP Photo/Martin Mejia)

Em 2019, os Jogos Pan-Americanos foram realizados em Lima, no Peru, de 26 de julho a 11 de agosto. Em sua 28ª edição, o grande evento dos esportes nas Américas reuniu mais de 6 mil atletas de 38 modalidades vindo de 41 países diferentes do continente. Para o Brasil, foi uma competição pra lá de especial, afinal os atletas brasileiros garantiram o melhor desempenho do país na história dos Pan-Americanos.

Já está seguindo o Yahoo Esportes no Instagram? Clique aqui! 

Leia também

Relembre como o Brasil foi no Pan 2019!

Uma grande equipe

 O Comitê Olímpico do Brasil selecionou uma equipe de 486 atletas. Esta foi a 18ª participação do país nos Jogos Pan-Americanos. Nesta edição, o Brasil levou três mulheres como porta-bandeira da equipe para a abertura: as velejadoras Martine Grael e Kahena Kunze e judoca Rafaela Silva. As três hoje em dia ostentam o diferencial de serem campeãs, olímpica, mundial e pan-americanas em suas categorias.

Medalhas conquistadas

As equipes brasileiras conquistaram 171 medalhas, sendo 55 de ouro, 45 de prata e 71 de bronze, na melhor campanha dos últimos 56 anos. Assim, o Brasil conquistou o 2º lugar no quadro geral de medalhas, ficando atrás apenas dos Estados Unidos, que fechou os jogos com 120 medalhas de ouro. O México ficou em terceiro lugar, bem atrás do Brasil, com 37 medalhas de ouro.

Modalidades com mais medalhistas

O Brasil se destacou em várias modalidades em que já tem tradição, como a natação, o atletismo, o judô e o handebol feminino, e surpreendeu em outras  como o badminton, em que o país conquistou ouro por primeira vez, assim como no taekwondo feminino.  A natação foi a grande campeã, conquistando 32 medalhas no total, sendo 11 de ouro, 9 de prata e 12 de bronze. O atletismo e a ginástica garantiram 16 medalhas cada para o Brasil e, na sequência, o judô levou 10 medalhas.

Novos nomes em destaque

Vários esportistas se destacaram ao longo do Pan 2019. Na natação, Guilherme Costa foi um dos que conquistou ouro nos 1.500m, assim como Marcelo Chierighini no 100m livre, Etiene Medeiros no 50m livre e o quarteto Breno Correia, Marcelo Chierighini, Bruno Fratus e Pedro Spajari no revezamento 4 X 100 metros.  

Mayra Aguiar, que ganhou ouro no judô, assim como o time feminino de basquete, que também alcançou o ponto máximo do pódio. Na canoagem, mais uma vez Isaquias Queiroz saiu vencedor. Além de Ygor Coelho, que brilhou ao conquistar a primeira medalha brasileira na história no badminton.