Brasil passa de 5,7 mi casos de Covid-19; problemas técnicos com dados persistem

Por Gabriel Araujo
·1 minuto de leitura
Agente de saúde prepara teste de Covid-19 para aplicar em estudante nos arredores de São Paulo
Agente de saúde prepara teste de Covid-19 para aplicar em estudante nos arredores de São Paulo

Por Gabriel Araujo

SÃO PAULO (Reuters) - O Brasil ultrapassou nesta terça-feira a marca de 5,7 milhões de casos confirmados de coronavírus, com o registro diário de 25.012 novas infecções elevando o total do país a 5.700.044, informou o Ministério da Saúde.

Ainda de acordo com a pasta, o Brasil também contabilizou 201 novos óbitos em decorrência da Covid-19, atingindo a contagem total de 162.829 mortes, embora os números de diversos Estados sigam desatualizados em função de problemas técnicos.

Estado brasileiro mais afetado pela pandemia, São Paulo está com números desatualizados há cinco dias -- as contagens diárias de casos e mortes no Estado foram reportadas pela última vez na quinta-feira passada, quando o ministério começou a sofrer com problemas técnicos.

Na segunda, o secretário da Saúde paulista, Jean Gorinchteyn, disse em entrevista coletiva que enviou ofício ao ministério solicitando a retomada do sistema de notificação para acompanhamento dos números da pandemia, acrescentando que o sistema está fora do ar desde a última sexta.

Além de São Paulo, a pasta indicou que há defasagem em dados de Minas Gerais, Rio de Janeiro, Goiás e Mato Grosso do Sul.

"Devido a problemas técnicos, os dados foram inviabilizados de ser atualizados ou podem sofrer alterações futuras", disse o ministério ao divulgar os números.

"As informações serão atualizadas ou corrigidas após restabelecimento da rede do Ministério da Saúde", acrescentou.

O Brasil é o segundo país com maior número de mortes por coronavírus no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos, e o terceiro em casos, abaixo dos EUA e da Índia.