Atentado suicida em Cabul deixa pelo menos 26 mortos e 18 feridos

Cabul, 21 mar (EFE).- Pelo menos 26 pessoas morreram e outras 18 ficaram feridas, nesta quarta-feira, em um atentado suicida ocorrido perto de uma multidão que celebrava o primeiro dia do ano novo afegão em Cabul, segundo informações de fontes oficiais, passadas à Agência Efe.

Um homem-bomba detonou os explosivos que carregava em seu colete por volta das 12h (hora local, 4h30 de Brasília) entre a Universidade de Cabul e o Hospital Aliabad, contra um grupo de pessoas que estavam a caminho de um templo da região para celebrar o ano novo, afirmou o porta-voz do Ministério do Interior afegão, Nasrat Rahimi.

"Por enquanto temos 26 pessoas mortas e 18 feridas", afirmou a fonte.

O grupo atacado, formado principalmente por jovens, seguia para o templo Kart-e-Sakhi, localizado nas imediações de onde aconteceu a explosão, para participar das festividades de Nawroz, o ano novo.

Por enquanto, nenhum grupo de insurgentes reivindicou a autoria da ação.

No último sábado, três civis morreram e outros quatro ficaram feridos num ataque suicida dos talibãs com carro-bomba perpetrado nas imediações de um parque industrial em Cabul.

Além disso, o atentado de hoje se soma a outros ocorridos na capital afegã este ano, o maior aconteceu no final de janeiro pelos talibãs com uma ambulância bomba que explodiu em meio à rua em um bairro do centro de Cabul, matando mais de 100 pessoas. EFE