Brasil pode enfrentar a Argentina na Copa do Mundo? Veja cenários e datas dos possíveis confrontos

A Argentina estreia na Copa do Mundo nesta terça-feira, às 7h (de Brasília), diante da Arábia Saudita. E a partir do momento em que os hermanos colocarem o pé no gramado, a pergunta óbvia será feita: é possível que eles encarem o Brasil neste Mundial? A resposta é sim, mas só deve acontecer nas fases mais decisivas do torneio.

O maior clássico do futebol sul-americano só poderá ser disputado em três cenários: na semifinal, na disputa de terceiro lugar ou na grande decisão do torneio. Sabendo disso, facilitamos para o torcedor e mostramos todos os cenários que podem culminar em um confronto da seleção brasileira diante da argentina neste Mundial.

Caso o Brasil se classifique como líder do Grupo G e a Argentina avance como líder do Grupo D, o clássico sul-americano só poderia acontecer na semifinal da Copa do Mundo. Neste caso, as equipes de Neymar e Lionel Messi estariam do lado direito da chave. Ou seja, o confronto aconteceria no dia 13 de dezembro, na terça-feira, no Estádio Lusail, às 16h (de Brasília). Isso, claro, se ambas as seleções avançarem até essa fase.

O duelo entre os comandados de Tite e Scaloni também será na semifinal se ambas as equipes se classificarem em segundo lugar em seus grupos e passarem pelas oitavas e quartas de final. Nesse caso, a partida será realizada no dia 14 (quarta-feira), no Estádio Al Bayt, às 16h (de Brasília).

Já na hipótese de a Argentina ficar em primeiro no Grupo C (que tem também Arábia Saudita, México e Polônia) e — bata na madeira! — o Brasil se classificar em segundo no Grupo G, que inclui Suíça, Sérvia e Camarões, o duelo com os hermanos só seria possível na final. A decisão da Copa do Mundo está marcada para 12h do dia 18, um domingo, no Estádio Lusail.

A disputa da taça também poderá ser contra os argentinos se o contrário acontecer: o Brasil se classificar em primeiro, e os rivais, em segundo. Mas, neste caso, as equipes de Neymar e Lionel Messi estariam do lado esquerdo da chave. Isso muda a data da partida comparado ao que aconteceria se as seleções fossem as líderes. O confronto aconteceria no dia 14 de dezembro, na quarta-feira, no Estádio Al Bayt, às 16h (de Brasília).

Existe a chance de Brasil e Argentina se enfrentarem na disputa de terceiro lugar. Mas, claro, nenhuma delas quer isso. A possibilidade é de ambas caírem nas semifinais da Copa do Mundo. Assim, o duelo estaria marcado para o dia 17 de dezembro, no sábado, no Estádio Al Khalifa, às 12h (de Brasília).

Os caminhos de Brasil e Argentina já se cruzaram quatro vezes em Copas do Mundo. O saldo é de duas vitórias brasileiras (em 1974 e 1982), um empate (em 1978), e uma derrota (em 1990).

O retrospecto recente da equipe dirigida por Tite contra os hermanos é negativo. São três jogos seguidos sem vencer os argentinos, sequência que inclui uma dolorosa derrota na final da Copa América disputada no ano passado, no Maracanã. A Copa do Catar, seja na semifinal ou na grande decisão, pode ser uma oportunidade perfeita para espantar esse fantasma.

Os argentinos estreiam na Copa hoje, às 7h, contra a Arábia Saudita. Já o Brasil inicia a caminhada rumo ao hexa na quinta, às 16h, contra a Sérvia. As duas partidas serão disputadas na cidade de Lusail.