Brasil proíbe viajantes da África do Sul para impedir disseminação de variante do coronavírus

·1 minuto de leitura
Passageira no aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro

BRASÍLIA (Reuters) - O Brasil decidiu proibir a entrada de viajantes da África do Sul com o objetivo de evitar a disseminação pelo país de uma nova variante do novo coronavírus, segundo portaria do governo federal publicada no Diário Oficial da União nesta terça-feira.

O país já havia vetado a entrada de passageiros vindos do Reino Unido, onde outra variante do vírus já foi detectada. Esse impedimento segue em vigência, de acordo com a norma.

"Ficam proibidos, em caráter temporário, voos internacionais com destino à República Federativa do Brasil que tenham origem ou passagem pelo Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte e pela República da África do Sul", segundo a portaria.

"Fica suspensa, em caráter temporário, a autorização de embarque para a República Federativa do Brasil de viajante estrangeiro, procedente ou com passagem pelo Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte e pela República da África do Sul nos últimos quatorze dias", conforme o texto, em outro ponto.

A portaria foi assinada pelos ministros da Casa Civil, Walter Braga Netto, da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, e da Saúde, Eduardo Pazuello, e vale a partir desta terça-feira.

Aqueles que descumprirem o que está previsto na portaria poderão ser responsabilizados civil, administrativa e penalmente; ser repatriados ou deportados imediatamente; e ainda serem inabilitados para eventuais pedidos de refúgio no Brasil.

(Reportagem de Ricardo Brito; Edição de Eduardo Simões)