Brasil registra 1.119 novas mortes por Covid-19 e total vai a 222.666

Gabriel Araujo
·2 minuto de leitura
Enterro de vítima da Covid-19 no cemitério da Vila Formosa, em São Paulo (SP)

Por Gabriel Araujo

SÃO PAULO (Reuters) - O Brasil registrou nesta sexta-feira 1.119 novos óbitos em decorrência da Covid-19, o que eleva o total de vítimas fatais da doença no país a 222.666, informou o Ministério da Saúde.

Também foram notificados 59.826 novos casos de coronavírus no Brasil, com o total de infecções confirmadas atingindo 9.118.513, acrescentou a pasta.

Enfrentando um agravamento da pandemia, o Brasil é o segundo país com maior número de mortes por coronavírus no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos, e o terceiro em casos, abaixo dos EUA e da Índia.

Estado brasileiro mais afetado pela doença, São Paulo atingiu as marcas de 1.759.957 casos e 52.722 mortes. Como nova medida para contenção do vírus, o governador João Doria (PSDB) anunciou nesta sexta o cancelamento do feriado de Carnaval no Estado.

O secretário de Saúde paulista, Jean Gorinchteyn, disse em entrevista coletiva que todas as medidas restritivas "foram e sempre serão fundamentais para o controle da pandemia no nosso Estado", atribuindo a elas e ao "esforço da população" uma melhora nos números locais da Covid-19 nesta semana.

Segundo ele, São Paulo registrou no período quedas de 1% no número de óbitos e de 9% no número de internações.

"Diminuir a internação significa diminuir a velocidade, a dinâmica da pandemia em cada uma das regiões, mostrando que elas, sim, naquele momento, estão sob controle", afirmou o secretário.

Conforme os dados do Ministério da Saúde, Minas Gerais é o segundo Estado com maior número de infecções pelo coronavírus, com 721.967 casos, mas o Rio de Janeiro aparece na segunda posição em termos de óbitos contabilizados, com 29.563 mortes.

O Brasil ainda possui, segundo a pasta, 7.960.643 pessoas recuperadas da Covid-19 e 935.204 em tratamento.