Brasil registra 2.032 novas mortes por Covid-19 e total atinge 509.141

·2 minuto de leitura
Homem a vítimas da Covid-19 no Brasil na praia de Copacabana, Rio de Janeiro

Por Gabriel Araujo

SÃO PAULO (Reuters) - O Brasil registrou nesta quinta-feira 2.032 novas mortes em decorrência da Covid-19, o que eleva o total de vítimas fatais da doença no país a 509.141, informou o Ministério da Saúde.

Também foram contabilizados, de acordo com a pasta, 73.602 novos casos de coronavírus, com o total de infecções no país avançando para 18.243.483.

O Brasil possui o segundo maior número de mortes por Covid-19 no mundo, abaixo apenas dos Estados Unidos, e a terceira maior contagem de casos confirmados de coronavírus, atrás dos EUA e da Índia.

Na véspera, o país registrou um novo recorde diário de infecções, ao contabilizar 115.228 novos casos, em meio a mais uma escalada da Covid-19.

Segundo dados compilados pela Reuters, a atual média diária de novos casos de Covid-19 no Brasil, de pouco mais de 77 mil, já é equivalente ao pico anterior da pandemia, mas a contagem segue apresentando tendência de alta.

Além disso, o Brasil lidera o mundo no número médio diário de novas mortes e infecções registradas, sendo responsável por um em cada quatro óbitos e um em cada cinco casos computados globalmente a cada dia.

Em depoimento à CPI da Covid-19 no Senado nesta quinta-feira, o epidemiologista Pedro Hallal, professor da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), afirmou que o cenário "realista" da pandemia no país indica que as novas máximas de casos deverão se traduzir em recordes de mortes em cerca de 20 dias.

"Uma interpretação otimista é de que esse número de 100 mil casos não vai levar a 3 mil mortes daqui a 15 dias porque tem mais gente vacinada. Mas a verdade é que a interpretação realista é que 100 mil casos ontem muito provavelmente farão com que daqui a 20 dias o Brasil quebre o seu recorde diário de mortes", disse Hallal.

O Brasil registrou seu recorde de mortes por Covid-19 até agora em 8 de abril, com 4.249 óbitos.

Estado brasileiro mais afetado pela Covid-19 em termos absolutos, São Paulo atingiu nesta quinta-feira as marcas de 3.648.202 casos e 124.606 mortes.

Minas Gerais é o segundo Estado com maior número de infecções pelo coronavírus registradas, com 1.766.084 casos, mas o Rio de Janeiro é o segundo com mais óbitos contabilizados, com 54.848 mortes.

O governo federal reporta ainda 16.511.701 pessoas recuperadas da Covid-19 e 1.222.641 pacientes em acompanhamento.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos