Brasil registra mais de mil mortes em 24 horas e chega a 17.971 óbitos por Covid-19

Leandro Prazeres, Victor Farias e Paula Ferreira
·1 minuto de leitura
Profissionais do Samu de São Paulo retiram corpo de vítima que morreu com suspeita de Covid em casa
Profissionais do Samu de São Paulo retiram corpo de vítima que morreu com suspeita de Covid em casa

BRASÍLIA - O número de mortes pelo novo coronavírus chegou a 17.971 nesta terça-feira, com 1.179 novos óbitos registrados nas últimas 24 horas, número que supera o recorde anterior de12 de maio, quando 881 mortes foram notificadas. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Saúde na noite desta terça-feira.

Já o número de pessoas diagnosticadas com o novo coronavírus no Brasil subiu para 271.628, com 17.408 infectados. Antes disso, o maior número registado foi em 15 de maio, quando 15.305 infecções foram notificadas em um dia. No último balanço do governo, na segunda-feira, o total de infectados chegava a 254.220, com 16.792 mortes confirmadas.

De acordo com o Ministério da Saúde, o crescimento no número de casos em relação à segunda-feira foi de 6,8% e no de mortes de 7%.

O balanço divulgado mostra ainda que o Ceará voltou a passar o Rio de Janeiro e número de casos e o Pará ultrapassou o Amazonas em número de mortes.

Os estados com mais casos foram São Paulo com 65.995, Ceará com 28.112 ;Rio de Janeiro com 27.805, Amazonas com 22.132; e Pernambuco com 21.242.

Em relação ao número de óbitos, o estado com mais mortes também foi São Paulo (5.147) , seguido de Rio de Janeiro (3.079), Ceará (1.856), Pernambuco (1.741), e Pará (1.519).