Brasil registra novos recordes de média móvel de casos e mortes por Covid-19

Evelin Azevedo
·1 minuto de leitura

O Brasil registrou nesta segunda-feira dois novos recordes: o média móvel de casos e de mortes por Covid-19.

O cálculo que faz a média dos casos positivos notificados diariamente, contando os divulgados hoje e nos últimos seis dias, ficou em 75.163, um crescimento de 10% em comparação com duas semanas atrás. O índice de mortes ficou em 2.298, um aumento de 46% em relação a duas semanas atrás. O recorde ocorre pelo 24º dia consecutivo e a média móvel está acima de 2 mil desde 17 de março.

O país ultrapassou o número de 295 mil mortos e 12 milhões de infectados pela Covid-19. Nas últimas 24h foram registrados 1.570 óbitos, totalizando 295.685 vidas perdidas. Desde 20h de domingo, 55.177 casos foram notificados, elevando para 12.051.619 o total de pessoas que se contaminaram com o coronavírus.

Vinte e quatro estados atualizaram seus dados sobre vacinação contra a Covid-19 nesta segunda-feira. Em todo o país, 12.351.559 pessoas receberam a primeira dose de um imunizante, o equivalente a 5,83% da população brasileira. A segunda dose da vacina, por sua vez, foi aplicada em 4.213.858 pessoas, ou 1,99% da população nacional.

Os dados são do consórcio formado por O GLOBO, Extra, G1, Folha de S.Paulo, UOL e O Estado de S. Paulo e reúne informações das secretarias estaduais de Saúde divulgadas diariamente até as 20h. A iniciativa dos veículos da mídia foi criada a partir de inconsistências nos dados apresentados pelo Ministério da Saúde.