Brasil tem 8 casos suspeitos de novo coronavírus, diz Ministério da Saúde

.

BRASÍLIA (Reuters) - O Brasil tem 8 casos suspeitos de infecção pelo novo coronavírus em observação, mantendo-se sem qualquer confirmação da doença respiratória no país, segundo dados do Ministério da Saúde nesta sexta-feira.

Dos 8 casos suspeitos, 3 são de São Paulo, 2 do Rio Grande do Sul, 1 de Minas Gerais, 1 do Rio de Janeiro e 1 de Santa Catarina. É o mesmo número de suspeitos sob investigação da véspera.

Ao todo, segundo o ministério, o país já teve 26 suspeitas descartadas, 2 a mais do que na véspera.

A epidemia do novo coronvavírus já matou mais de 600 pessoas e infectou quase 31,5 mil pessoas, quase todas na China.


QUARENTENA

Nesta sexta, os ministros da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, estiveram na Base Aérea de Anápolis, cidade goiana onde 34 brasileiros, parentes deles e tripulação que estavam na China vão seguir para um período de quarentena. Dois aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) devem chegar ao Brasil neste sábado.

Mandetta elogiou a ação de repatriação encabeçada pelo Ministério da Defesa e reforçou que as pessoas estarão em boas mãos, com todos os cuidados necessários para que, dentro de alguns dias, possam seguir suas vidas.

"Nós temos que acalmar as pessoas. O que mais atrapalha nesses momentos são as fake news. Elas trazem medo e desinformação. Todas as informações são 100% transparentes. São brasileiros e precisam do nosso apoio nesse momento", destacou o ministro da Saúde, de acordo com nota publicada pelo site da pasta.

A previsão é que os repatriados fiquem 18 dias em quarentena na base militar.



(Reportagem de Ricardo Brito)