CORREÇÃO-Brasil tem recorde diário de 1.179 mortes por coronavírus

.

(Corrige no segundo parágrafo para 17.408 casos confirmados em um dia, e não 17.971 como estava na versão anterior)

SÃO PAULO (Reuters) - O Brasil registrou nesta terça-feira novos recordes diários de casos e mortes por coronavírus, informou o Ministério da Saúde, um dia depois de o país se tornar o terceiro do mundo com maior número de infecções confirmadas.

Segundo o ministério, foram 1.179 novos óbitos contabilizados, o que eleva o total para 17.971. Já os casos confirmados saltaram em 17.408, para 271.628.

As máximas diárias anteriores eram de 881 mortes, nível verificado em 12 de maio, e de 15.305 infecções, de 15 de maio.

A divulgação diária dos números pelo Ministério da Saúde não indica que as infecções e óbitos tenham necessariamente ocorrido nas últimas 24 horas, mas sim que os registros foram inseridos no sistema no período.

Depois de ultrapassar Alemanha e França na semana passada, o Brasil superou Espanha e Reino Unido em número de casos na segunda-feira, segundo números da Reuters, o que coloca o país atrás apenas de Estados Unidos e Rússia na contagem global.


(Por Gabriel Araújo; Edição de Maria Pia Palermo)