Brasil tem três jogadores pendurados. Entenda a regra de suspensão por cartão

A seleção brasileira tem três jogadores pendurados por receber cartões amarelos. Por sorte, dois são reservas, Fred e Bruno Guimarães. Porém, o outro, Éder Militão, tem atuado como titular desde a segunda partida após as lesões de Danilo e Alex Telles.

Caso um deles receba outro cartão na partida desta sexta-feira contra a Sérvia, e o Brasil se classifique para as semifinais, eles estarão fora do jogo. Diferente do Campeonato Brasileiro, por exemplo, em que para ser suspenso por uma partida o jogador precisa receber três cartões, durante a Copa do Mundo a quantidade é de apenas dois.

Fred recebeu cartão na segunda rodada, no jogo contra a Suíça, quando o Brasil venceu por 1 a 0. Ele começou o jogo como titular, substituindo Neymar que se lesionou. Já Éder Militão e Bruno Guimarães foram punidos na derrota do Brasil contra Camarões.

Coringa

A possibilidade de Militão ser suspenso preocupa. O jogador tem atuado como um coringa na seleção. Com a lesão de Danilo, ele foi improvisado na lateral direita nos jogos contra Suíça e Coreia do Sul. Já na partida contra Camarões, onde os reservas atuaram, ele jogou como zagueiro, sua função original.

Com a incerteza se Alex Telles terá condições de jogo, Danilo continuará improvisado na lateral esquerda e Militão na direita. Caso Telles não se recupere e Militão seja suspenso, a opção é Daniel Alves.

Entenda a regra

A regra da Copa do Mundo afirma que um jogador será suspenso por uma partida caso receba dois cartões amarelos até as quartas de final. Isso quer dizer que, se um jogador pendurado receber um cartão nesta fase e sua seleção se classificar para as semis, ele não poderá jogar.

Entretanto, caso ele jogue as quartas e não seja punido, o seu cartão será anulado. Ele irá jogar a semifinal como se não tivesse tomado nenhum cartão.