Brasil ultrapassa 668 mil mortes pela Covid

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Brasil registrou, nesta sexta-feira (10), 158 mortes por Covid e, com isso, chegou a 668.007 vidas perdidas desde o início da pandemia. Também foram registrados 55.915 casos da doença, levando o país ao total de 31.416.072 pessoas infectadas.

Tem ocorrido crescimento nas infecções e mortes pelo Sars-CoV-2. Isso fez com que tanto a média móvel de óbitos quanto de casos tenha crescido.

A média de infecções voltou a ficar acima de 40 mil, com crescimento de 76% em relação aos dados de duas semanas atrás. Mais especificamente, ela agora é de 40.220 casos por dia. É a maior média desde 16 de março deste ano, quando era de 40.335.

Já a média de mortes agora é de 141 óbitos por dia, crescimento de 27% também em relação à media de duas semanas atrás.

Os dados do país, coletados até 20h, são fruto de colaboração entre Folha de S.Paulo, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são recolhidas pelo consórcio de veículos de imprensa diariamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorreu em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (PL), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos