Brasil vence Chile por 1 x 0 e vai à semifinal da Copa América

·2 minuto de leitura
Lucas Paquetá comemora gol do Brasil

(Reuters) - Com um jogador a menos durante quase todo segundo tempo, a seleção brasileira derrotou o Chile por 1 x 0, nesta sexta-feira, com gol de Lucas Paquetá, garantindo vaga na semifinal da Copa América contra o Peru.

Após expulsão de Gabriel Jesus, aos 3 minutos da segunda etapa, o time brasileiro recuou e segurou a vantagem que tinha conseguido apenas dois minutos antes, em partida no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro.

"A cada dia que passa a gente tem provas para nos fortalecer, provar que a gente pode jogar em todas as circunstâncias. Foi uma fatalidade do Jesus. Ele só olhou a bola, não viu o adversário, infelizmente acabou sendo expulso", disse o atacante Neymar.

"O Chile é uma equipe muito qualificada, tem grandes jogadores e com um a menos é bem difícil. Está todo mundo de parabéns, a defesa, galera do meio-campo, os atacantes. A gente conseguiu suportar uma adversidade que dificilmente acontece com a nossa equipe. A gente conseguiu provar que nessas dificuldades a gente consegue suportar."

O Brasil vai enfrentar na semifinal de segunda-feira, também no Rio, o Peru, que eliminou o Paraguai nos pênaltis após empate de 3 x 3. Na fase de grupos, os brasileiros golearam os peruanos por 4 x 0.

O primeiro tempo da partida do Brasil com o Chile foi equilibrado. Os dois times iniciaram com chutes de longa distância e em seguida tiveram lances perigosos anulados por impedimento, com Vargas pelo Chile e Richarlison pelo Brasil.

A primeira boa chance brasileira ocorreu aos 22 minutos, quando Neymar cruzou da esquerda e Firmino chegou atrasado dentro da pequena área, não conseguindo pegar em cheio na bola. Cinco minutos depois, o Chile respondeu com Vargas, que driblou Thiago Silva e chutou cruzado, fazendo Ederson se esticar para espalmar.

O Brasil ainda teve boa oportunidade após lançamento de Neymar para Gabriel Jesus, que chutou forte de esquerda, forçando Bravo a fez-se boa defesa.

No segundo tempo, com Lucas Paquetá na vaga de Firmino, o meio-campista marcou logo a 1 minuto. Paquetá tentou tabela com Neymar e contou com erro da defesa chilena para chutar de perna direita para abrir o placar.

Dois minutos depois, Gabriel Jesus foi expulso ao tomar cartão vermelho direto por uma voadora em Mena.

Com um a mais, os chilenos pressionaram em busca do empate, tiveram um gol anulado por impedimento e acertaram o travessão em um cabeceio, enquanto o Brasil usava a estratégia do contra-ataque e quase marcou com Neymar, em lance defendido por Bravo, após jogada individual.

Nos últimos minutos, os brasileiros se defenderam bem e contaram com Neymar prendendo a bola para assegurar a classificação.

(Por Tatiana Ramil)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos