Brasileiro é preso na Itália por contagiar mulher com vírus HIV

Um brasileiro de 31 anos foi preso pela polícia italiana em Rimini, na costa leste do país, por ter contagiado uma mulher com o vírus da Aids. Segundo a agência de notícias italiana Ansa, o homem, que não teve o nome divulgado,  é acusado de expor outras três mulheres ao HIV. A prisão aconteceu no dia 20 de outubro, após investigação iniciada em agosto, porém foi divulgada apenas nesta quinta-feira. O brasileiro está em regime de detenção domiciliar.

De acordo com a polícia de Rimini, o brasileiro foi diagnosticado com Aids quando tinha 24 anos e suspendeu o tratamento em 2017, retomando-o apenas esporadicamente em 2018, até interrompe-lo de forma definitiva.

Conforme informado pela Ansa, o brasileiro foi denunciado por uma mulher contagiada, que havia conhecido o suspeito pela internet. As investigações identificaram outras três potenciais vítimas: a namorada do brasileiro e duas mulheres que ele conhecera pela internet.

As três confirmaram que tiveram relações sexuais com o homem sem saber que ele era soropositivo. Durante depoimento à polícia, o suspeito não respondeu às perguntas dos investigadores. A polícia italiana apura agora se outras mulheres tiveram relações sexuais com o homem. (ANSA)