Brasileiro comenta impacto de paralisação do futebol na Tailândia


Por conta do surto do coronavírus em todo o mundo, a grande maioria dos países entrou em estado de quarentena. Com isso, as atividades esportivas foram suspensas por tempo indeterminado. Na Tailândia, o mesmo aconteceu. O Bangkok Glass teve de interromper seus treinamentos. O brasileiro Tardeli Reis, atacante do time, falou sobre essa pausa.

- Está sendo um período complicado aqui na Tailândia. Não conseguimos saber ao certo o que realmente está passando. Estamos muito tensos e com medo da situação estar pior do que imaginamos. Aqui ainda está podendo sair nas ruas normal durante o dia, e penso que com isso vai aumentar muito os casos. Mesmo estando com a família perto, confesso que estou com receio - revelou.

Mesmo sem as atividades rotineiras do clube, o brasileiro contou que continua buscando manter a forma física nessa quarentena. O atleta vive com a família na capital do país asiático.

- Minha rotina está sendo ficar dentro de casa o dia todo. Por um lado é bom que tenho mais tempo com a família, mas por outro vamos perder muito a parte física. Estou tentando na medida do possível treinar em casa mesmo com a ajuda da minha esposa - disse.

Há quatro temporadas na Tailândia, o atacante brasileiro foi o grande destaque do Bangkok Glass na conquista do título da Thai League 2 na temporada passada. O atleta foi o vice-artilheiro do campeonato, com 18 gols, apenas um tento atrás do artilheiro. O detalhe é que Tardeli teve dez jogos a menos que o concorrente por conta de uma lesão. O jogador comentou sobre o bom início da equipe neste ano pela divisão principal.

- Acredito muito que esse bom desempenho no começo se deve ao treinador que passou uma confiança muito grande para nós na temporada. Senti que iríamos começar muito bem e fazer um ótimo campeonato. Neste sentido sinto que a parada foi ruim para nós, porque atrapalhou esse bom ritmo que estávamos. Mas agora é manter o foco para quando voltar, não deixar cair o que construímos - contou.