Brasileiro mandou mensagem para Halyna Hutchins sem saber que amiga era vítima de tiro em set

·2 min de leitura
O cinegrafista e diretor de fotografia Dennis Zanatta. Foto: reprodução/GloboNews
O cinegrafista e diretor de fotografia Dennis Zanatta. Foto: reprodução/GloboNews

Resumo da notícia

  • Sem saber de morte, diretor de fotografia brasileiro mandou mensagem para Halyna Hutchins

  • Dennis Zanatta falou do choque ao descobrir que ela foi a vítima fatal de acidente nos EUA

  • Ele falou à GloboNews sobre sua admiração pelo trabalho da colega

A morte de Halyna Hutchins, atingida por um tiro acidental no set de filmagem do filme "Rust", pegou de surpresa o cinegrafista e diretor de fotografia brasileiro Dennis Zanatta. Em depoimento ao "Jornal das Dez", da GloboNews, o profissional disse que chegou a mandar uma mensagem para a amiga assim que soube da notícia, ainda sem saber que era ela a vítima fatal da tragédia, que também deixou o ferido o diretor do longa, Joel Souza.

"Antes de eu receber a notícia do falecimento dela, a gente estava fazendo uma cena em que a nossa atriz apontava uma arma para a câmera. Fizemos a cena, aí vem o meu gaffer, que é meu eletricista, e me mostra o celular dele [com a notícia]. 'Dennis, acabou de acontecer isso num set'. Eu olhei assim e vi Santa Fé [no estado do Novo México, nos Estados Unidos]. Falei: 'Caramba, isso deve ser o set da Halyna'", afirmou Zanatta.

Leia também:

A primeira reação do brasileiro foi tentar confirmar a informação com a amiga. "Na hora, mandei uma mensagem de texto. 'Acabei de ver uma notícia em que uma pessoa do seu set de filmagem tomou um tiro. É verdade?'. Cinco minutos depois, um amigo me mandou mensagem: 'Tá sabendo que foi a Halyna que tomou tiro no set?'. E, nessa hora, assim, o mundo desabou pra mim", declarou.

Zanatta só tem elogios para se referir à diretora de fotografia de 42 anos, que chegou a ser levada ao hospital após levar um tiro no peito, mas não resistiu.

"Eu considerava a Halyna como uma irmã, a gente sempre se apoiava. Essa maneira que ela tem, de ser tão simpática, amiga, de querer ajudar todo mundo. É impressionante a bondade que ela tem", desabafou o cinegrafista.

O brasileiro também comentou o bom momento profissional da amiga, que nasceu na Ucrânia e trabalhou em filmes como "Archenemy", "Blindfire" e "The Mad Hatter".

"Ela tava superanimada. Sempre fui muito orgulhoso do trabalho dela, ela foi se dedicando e correndo atrás, chegou lá. Trabalhar com um ator como Alec Baldwin não é pra qualquer um", avaliou.

Acidente segue sob investigação

As causas do acidente, ocorrido na última quinta-feira (21), ainda estão sendo investigadas pela polícia local e a produção de "Rust" está suspensa por tempo indeterminado.

O ator Alec Baldwin, que fez o disparo da arma que provocou a morte, usou as redes sociais para lamentar a perda da colega

"Não há palavras para expressar meu choque e tristeza em relação ao trágico acidente que tirou a vida de Halyna Hutchins, esposa, mãe e colega profundamente admirada", disse o artista de 63 anos, que vem cooperando com as autoridades para esclarecer o que de fato aconteceu no set.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos