Brasileiro que lutava na Ucrânia está morto, confirma Itamaraty

André Luis Hack Bahi fazia parte da Legião Internacional de Defesa Territorial da Ucrânia. Foto: Reprodução/Facebook.
André Luis Hack Bahi fazia parte da Legião Internacional de Defesa Territorial da Ucrânia. Foto: Reprodução/Facebook.

Resumo da notícia

  • Brasileiro que lutava na Ucrânia morreu, segundo informações do Ministério das Relações Exteriores

  • Relatos são de que André Luis Hack Bahi socorria duas pessoas em um local bombardeado

  • Em fevereiro, brasileiro deixou o Brasil rumo ao país em guerra

O Ministério das Relações Exteriores confirmou a morte de André Luis Hack Bahi, brasileiro de 44 anos que estava na guerra da Ucrânia. Segundo o portal g1, a informação também foi confirmada pela irmã de André, Letícia Hack Bahi, que mora em Porto Alegre.

Em nota, o Itamaraty informou que o brasileiro morreu “em decorrência do conflito naquele país e mantém contato com familiares para prestar-lhes toda a assistência cabível, em conformidade com os tratados internacionais vigentes e com a legislação local”.

“Assim como tem feito desde o começo do conflito, o Itamaraty continua a desaconselhar enfaticamente deslocamentos de brasileiros à Ucrânia, enquanto não houver condições de segurança suficientes no país”, diz a nota. A informação foi dada ao governo brasileira pela Embaixada do Brasil em Kiev.

Ao g1, a família relatou que André Hack Bahi teria morrido no último sábado, durante um combate. “Nós estamos aguardando porque alguém vai ter que ir lá reconhecer o corpo do meu irmão”, explicou a irmã.

O brasileiro fazia parte da Legião Internacional de Defesa Territorial da Ucrânia. Antes de ir para a guerra, em fevereiro deste ano, ele vivia no Ceará. Pai de sete filhos, ele serviu no Exército e trabalhou como socorrista em Porto Alegre. André Hack Bahi se divorciou antes de partir para a Ucrânia.

Segundo a irmã do combatente, ele será cremado e as cinzas serão jogadas em Quixadá, onde André vivia.

Um amigo que estava com o brasileiro contou à família que André socorreu duas depois e, em seguida, foi em direção ao fogo cruzado em uma área que estava sendo bombardeada. Depois, o socorrista não foi mais visto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos