Brasileiro torcedor da Argentina tatua foto de Di Maria e Messi com a taça da Copa do Mundo

Em conversa com o EXTRA na véspera da final da Copa do Mundo, o carioca André Messias prometeu que tatuaria uma foto de Messi com a taça do Mundial caso a Argentina ganhasse a final. Dito e feito. Cerca de duas semanas após a conquista, Messias esbanja com orgulho o registro eterno feito na pele.

— Ver a Argentina vencer uma copa era o sonho da minha vida inteirinha e sempre tive em mente que faria a tatuagem representando isso. E não podia deixar de fazer o Di Maria, porque ele nos deu o título da Copa América em 2021, quebrando um jejum de 28 anos e fez toda a diferença na final. Ele sempre foi meu jogador preferido (o Messi não conta por ser um ser supremo) — explicou.

Para que o sonho da vida ficasse ainda melhor, André fez questão de assistir a final da Copa em Buenos Aires, com outros argentinos fanáticos. Um sentimento inexplicável, segundo ele.

— "Não posso te explicar, porque você não vai entender". Foi épico, foi perfeito e acho que minhas lágrimas acabaram. Quando houve o risco de não vencermos fiquei pensando: "morreremos juntos". Estou aqui com eles. Fiquei 3 dias sem dormir. Foi o melhor dia da minha vida . Lembro 24 horas por dia dos momentos lá — disse.

O sentimento com o título do Mundial do Oriente Médio é tão único que, mesmo se a Argentina voltar a conquistar o mundo, André não fará outra tatuagem.

— Não mais (se planeja outras). Essa foi a tatuagem que desejei a vida inteira. De uma certa forma, nada mais tem importância — concluiu.