Brasileiro volta a ter um artilheiro estrangeiro após 50 anos com argentino Germán Cano

Com 26 gols marcados, Germán Cano é o artilheiro do Campeonato Brasileiro de forma oficial. E quebrou uma marca que já dura 50 anos na competição. O argentino fez torneio voltar a ter um goleador estrangeiro pela primeira vez desde 1972.

Na ocasião, o principal goleador foi o uruguaio Pedro Rocha, que anotou 17 gols com a camisa do São Paulo e dividiu o prêmio com Dadá Maravilha, do Atlético-MG.

A única possível ameaça sera Pedro Raul, do Goiás, que tem 19 gols. Mesmo assim, ele teria que marcar sete vezes hoje, contra o São Paulo, na Serrinha, e torcer para que o argentino passasse em branco.

Desde o início da Taça Brasil, em 1959, o ex-jogador do tricolor paulista foi o único atleta nascido fora do Brasil que conseguiu o feito. Também é possível categorizar esta marca de outra forma: Cano se tornou o primeiro artilheiro isolado estrangeiro na história do Brasileiro.

O atacante quebrou um recorde no Campeonato Brasileiro desde que passou a ser disputado por 20 clubes, em 2006: se isolou na liderança como maior artilheiro de uma temporada, e deixou Gabigol, que marcou 25 em 2019, para trás.