Brasileiros vacinados com CoronaVac poderão entrar no Reino Unido sem quarentena

·2 min de leitura
London city, United Kingdom
Brasileiros vacinados com todos os imunizantes usados no país poderão entrar no Reino Unido sem quarentena (Foto: Getty Images)
  • Brasileiros vacinados com CoronaVac poderão entrar no Reino Unido sem quarentena a partir de 22 de novembro

  • Antes, permissão de entrar sem quarentena era dada para vacinados com AstraZeneca, Janssen, Pfizer ou Moderna

  • Na última segunda, EUA também passaram a permitir entrada de turistas vacinados, com CoronaVac incluída na lista

A partir do dia 22 de novembro, brasileiros que tomaram a CoronaVac, vacina contra a covid-19 produzida pelo Butantan em parceria com a SinoVac, poderão entrar no Reino Unido sem necessidade de quarentena.

Antes, essa permissão era dada apenas aos brasileiros vacinados com Oxford/AstraZeneca, Pfizer, Janssen e Moderna. A medida entrou em vigor no dia 11 de outubro.

Na última segunda-feira (8), as autoridades britânicas atualizaram a lista de vacinas permitidas no país. Agora, foram acrescentados três imunizantes:

  • SinoVac

  • Sinopharm

  • Covaxin

Para que turistas brasileiros entrem no Reino Unido, é preciso apresentar um comprovante de vacinação, para comprovar que a estão com a imunização completa há pelo menos 14 dias. Um certificado de vacinação em inglês pode ser gerado pelo aplicativo ConecteSUS.

A CoronaVac é uma das vacinas aprovadas de forma emergencial também pela Organização Mundial da Saúde.

Turistas também podem ir aos Estados Unidos

Nesta segunda-feira (8), o governo dos Estados Unidos reabriu as fronteiras terrestres e aéreas para estrangeiros vacinados contra a covid-19, depois de 20 meses de duras restrições, que inspirou críticas de países europeus, do México e do Canadá.

Todas as restrições de viagens internacionais foram suspensas, incluindo para o Brasil. A imigração vai exigir apresentação de comprovante de imunização completa e um teste negativo de covid-19 feito em até três horas antes do embarque.

São aceitas as vacinas contra covid-19 aprovadas pela OMS (Organização Mundial da Saúde) ou pelo órgão regulador norte-americano, o FDA. As aprovadas pelo órgão internacional são:

  • Pfizer/BioNTech

  • Moderna

  • Oxford/AstraZeneca

  • Janssen (Johnson & Johnson)

  • SinoPharm

  • CoronaVac 

Viajantes menores de 18 anos, no entanto, não precisam estar vacinados, mas aqueles com idade entre 2 e 17 anos também devem apresentar um teste negativo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos