Braskem dá primeiro passo para vender R$ 8 bi em ações nos EUA

·1 min de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A petroquímica Braskem enviou à SEC (Securities and Exchange Commission), órgão responsável pelo mercado de capitais dos Estados Unidos equivalente à brasileira CVM, um pedido de oferta de ações na qual Petrobras e Novonor vão vender suas participações na companhia.

A oferta consiste em duas partes, no Brasil e nos Estados Unidos, segundo prospecto complementar.

Petrobras e Novonor vão vender 154,9 milhões de ações preferenciais classe A na Braskem, que podem ser representadas por ADS, totalizando uma operação de cerca de R$ 8 bilhões, com base no preço de fechamento dos papéis na sexta-feira (14).

A Petrobras anunciou na semana passada que espera realizar até fevereiro a venda de até 100% das ações preferenciais que detém na Braskem. Na ocasião, a companhia também reiterou que a venda será realizada por meio de uma oferta secundária de ações (follow-on) conjunta com a Novonor.

A Petrobras tem 36,1% de participação na Braskem, e a Novonor, anteriormente conhecida como Odebrecht, 38,3%.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos