Brexit dificulta viagens escolares ao Reino Unido

O Brexit dificultou as viagens escolares ao Reino Unido, habituais em muitas escolas europeias e particularmente, em França.

Numa classe de Colmar, em França, onde os alunos se preparam para viajar para Edimburgo, na Escócia, a professora de inglês guarda preciosamente na gaveta os passaportes necessários agora para a entrada dos cidadãos da União Europeia, em território britânico.

Consegui-los não foi tarefa fácil. As novas formalidades complicam muito a organização das viagens e muitos professores quase desistem.

"Foi uma luta enorme. Passámos algumas noites a perguntar-nos se não seria melhor simplesmente desistir, mas, vá lá, conseguimos", diz a professora Sarah Lepioufle.

A principal dificuldade para as famílias dos estudantes é conseguirem a tempo os passaportes, como explica um pai antes da partida do autocarro escolar rumo à Escócia.

"Contactei a Câmara Municipal de Colmar para fazer uma marcação, para fazer o passaporte, mas as primeiras marcações eram para o final de junho. Umas atrás das outras, contactei as comunas aqui perto, mas todos os agendamentos eram para datas muito longe (...) O único agendamento possível alguns dias depois foi na comuna de Ferrette, que fica quase a uma hora de carro da nossa casa".

Para além dos prazos, há o preço a pagar para obter um passaporte - 40 euros para os adolescentes franceses. Os alunos de nacionalidade não europeia, embora vivendo em solo europeu, têm de pagar o equivalente a 120 euros para obterem um visto e assim poderem acompanhar os seus colegas nas viagens.

As novas restrições administrativas ligadas ao Brexit reduziram consideravelmente as viagens escolares para o Reino Unido. Por causa destas formalidades, muitas escolas estão a optar por outros destinos de língua inglesa, nomeadamente a Irlanda.

Após dois anos de pandemia, onde quer que seja, a viagem é uma lufada de ar fresco para os jovens.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos