BRF terá ex-CEO da Marfrig como novo presidente

Logo da BRF na fachada da sede brasileira

(Reuters) - A companhia de alimentos BRF anunciou nesta terça-feira que o presidente-executivo da companhia, Lorival Luz, renunciou ao cargo, e que ele será substituído por Miguel Gularte, que atuava como CEO da Marfrig Global Foods.

A Marfrig detém 33,27% da BRF, sendo o principal acionista da empresa.

Em comunicado, a BRF disse que Gularte e Luz iniciarão um período de transição que será concluído até 30 de setembro. Informou ainda que a indicação do novo CEO não sinaliza intenção, neste momento, de fusão com a Marfrig.

As ações da BRF dispararam 6% na abertura da sessão desta terça-feira, enquanto as da Marfrig abriram em alta de 1%.

O anúncio vem após a BRF reportar um prejuízo maior que o esperado no segundo trimestre, o que foi atribuído em parte a eventos administrativos não recorrentes.

A BRF, dona das marcas Sadia e Perdigão no Brasil, está lidando com alta nos custos de insumos e inflação de alimentos. A companhia realiza a maior parte das vendas no mercado brasileiro, ao contrário de rivais como a JBS.

Gularte era diretor presidente da Marfrig e também renunciou da posição neste mês.

A informação sobre a troca no comando da BRF foi publicada mais cedo pelo site Brazil Journal.

Em comunicado separado, a Marfrig disse que seu conselho de administração aprovou a eleição de Rui Mendonça Junior para ocupar o cargo de diretor presidente.

Mendonça está na companhia desde 2007, atualmente com o cargo de diretor de Industrializados América do Sul.

(Por Gabriel Araujo e Ana Mano; com reportagem adicional de Letícia Fucuchima)