Bruna Marquezine faz tratamento com vela no cabelo; conheça os benefícios

Atriz surpreendeu os fãs ao compartilhar um trecho do procedimento no Instagram

Bruna Marquezine passando por uma sessão de velaterapia (Foto: reprodução/Instagram/@brunamarquezine e Getty Images)
Bruna Marquezine passando por uma sessão de velaterapia (Foto: reprodução/Instagram/@brunamarquezine e Getty Images)

Informação bem quente! Bruna Marquezine, que sempre entrega um ou outro truque de beleza nas redes sociais, aproveitou o último fim de semana para cuidar do cabelo no Rio de Janeiro e mostrou que é uma das adeptas à velateparia.

O conceito de usar fogo para tratar os fios é milenar e teria surgido no Egito, mas o procedimento como conhecemos hoje foi desenvolvido ao longo das últimas décadas para oferecer mais segurança e eficácia na remoção das pontas duplas, quebradiças ou ressecadas, na redução do frizz e no favorecimento da absorção de ativos contidos em máscaras e ampolas, por exemplo.

“A gente não para a vela na mecha, é muito rápido. Então, não tem risco de queimar ou danificar ainda mais o cabelo. Queimamos apenas a parte que não está saudável e depois partimos para o corte [com a tesoura] e o uso de um bom multivitaminas”, explica a especialista Déia Dios, que atende Bruna há pelo menos oito anos, em uma publicação no Instagram do Spa Déia e Renata - Rio. O combo, vale pontuar, custa cerca de R$ 1.215*.

Tratamento capilar com vela: todo mundo pode fazer?

Teoricamente, sim, mas é preciso encontrar um profissional que realmente conheça e saiba executar esse tipo de técnica. Como dito acima, existe jeito, tempo e distância adequados para expor os fios à chama da vela.

Além disso, a velaterapia não é o ideal para cabelos muitos finos ou curtos. Nesses casos, o indicado é o bordado, um tipo de corte desenvolvido por Déia que não é focado em estética, e sim em remover minuciosamente as pontas (sem grandes alterações no comprimento e no volume) e evitar a piora da quebra.

*preço informado ao Yahoo pela equipe do salão de Déia Dios em janeiro de 2023 (unidade do Rio de Janeiro)