Bruna Marquezine lembra elogio de Adriana Esteves em fase delicada: "Alívio"

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
A atriz Bruna Marquezine. Foto: reprodução/Instagram/brunamarquezine
A atriz Bruna Marquezine. Foto: reprodução/Instagram/brunamarquezine

Resumo da notícia

  • Bruna Marquezine lembrou elogio importante de Adriana Esteves

  • Comentário positivo veio em fase delicada da carreira da jovem atriz

  • Em entrevista, ela também abriu o jogo sobre insegurança e ansiedade

Um elogio de Adriana Esteves representou um grande alívio para Bruna Marquezine em um momento delicado de sua carreira. Criticada por sua atuação na novela "Deus Salve o Rei", em 2018. Segundo a jovem, a opinião da veterana foi um verdadeiro alívio naquela fase.

"Adriana Esteves me abordou e elogiou o meu trabalho, no momento em que a minha atuação na última novela foi bastante criticada pelo público logo no início. Nós estamos muito expostas e, claro, ouvir aquelas palavras de uma atriz tão talentosa me deu um alívio enorme, um apoio importante e talvez eu nunca tenha dito isso a ela", contou Bruna, em entrevista ao podcast Mamilos, que vai ao ar nesta segunda-feira (15).

Leia também:

Outra referência para Bruna é a cantora Priscilla Alcântara, citada por ela no bate-papo, segundo a coluna de Patrícia Kogut no jornal "O Globo".

"Muitas mulheres já me inspiraram, me ajudaram a sair do fundo do poço e me incentivaram. Por exemplo, a cantora Priscilla Alcântara, que é uma amiga, talvez a de menos tempo na minha vida, mas extremamente sincera, com quem eu me sinto à vontade para dividir cada conquista e próximo passo", disse a atriz.

Bruna também admitiu que se sente insegura com alguma frequência e abriu o jogo sobre a forma com que lida com essa situação.

"Quando a insegurança bate na porta, a primeira emoção que toma conta de mim é a ansiedade. E em cada situação eu sinto a ansiedade de forma diferente, como agitação, palpitação, inquietude e até mesmo estagnada, com a sensação de ser incapaz de fazer qualquer coisa. É muito angustiante", afirmou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos