BTS adia turnê na América do Norte diante do avanço do coronavírus nos EUA

Louise Queiroga

A turnê do BTS na América do Norte foi adiada de acordo com um anúncio emitido pela agência BigHit Entertainment nesta quinta-feira devido ao avanço do novo coronavírus, principalmente, nos Estados Unidos. Os shows do grupo coreano de sucesso mundial aconteceriam entre 25 de abril e 6 de junho.

A empresa explicou que precisou ajustar algumas datas visando a "garantir a segurança de todos os envolvidos em primeiro lugar". Os Estados Unidos tornaram-se o país com maior número de casos confirmados da Covid-19. A decisão, porém, não veio como uma surpresa. A BigHit já vinha dando sinais de possíveis alterações na agenda dos idols RM, Jin, Suga, J-Hope, Jimin, V e Jungkook. Os primeiros shows da turnê Map of The Soul, inclusive, que aconteceriam em Seul, foram cancelados.

"Todos os ingressos serão transferidos para novas datas", diz o comunicado, publicado no aplicativo Weverse, a plataforma oficial de interação com os armys, como os fãs do BTS são chamados.

Nas redes sociais, a reação foi de agradecimento pela decisão, com diversos comentários desejando que todos fiquem em segurança.

A gravadora ainda não divulgou quando ocorrerão as apresentações, mas frisou que pretende anunciar o mais rápido possível.

"Estamos monitorando a situação e seguindo as orientações de todos os governos locais em relação a eventos públicos para garantir que vamos oferecer um ambiente seguro para todos os envolvidos. Em breve, compartilharemos informações adicionais sobre essas novas datas de shows", afirmou.

Ao final da nota, a BigHit pediu paciência e compreensão dos armys enquanto buscam oferecer "a melhor e mais segura experiência de show o mais rápido possível".