BTS grava mensagem de esperança diante da pandemia do coronavírus: 'Coragem'

Louise Queiroga

Em meio à pandemia do novo coronavírus, os idols do grupo coreano de sucesso internacional BTS, RM, Jin, Suga, J-Hope, Jimin, V e Jungkook, publicaram um vídeo de apoio e coragem para os armys, como os fãs são chamados, nesta segunda-feira.

"Para armys ao redor do mundo, e para todo mundo assistindo, vamos nos apresentar", inicia RM no vídeo. "Dois, três, Bangtan! Olá, nós somos o BTS", dizem todos, para em seguida o líder prosseguir: "Nós estamos aqui porque os cadetes da Academia de Enfermagem das forças armadas da Coreia nos escolheram para fazer o próximo vídeo de apoio no combate ao novo coronavírus.

"Nós queremos agradecer os enfermeiros, médicos e todos combatendo o vírus para proteger a segurança e as vidas da população", afirmou J-Hope.

Logo depois, foi a vez da mensagem do mais velho, Jin: "Nós percebemos mais do que nunca o quanto nossa rotina é significativa. Ao estarmos no palco encarando lugares vazios na plateria, nós percebemos o quanto era precioso cada momento com vocês.

"A Covid-19 interrompeu viagens, e as pessoas estão mantendo distância umas das outras", afirmou Suga. "Eu acho isso talvez seja o mais difícil. Nós estamos cada vez mais isolados.

"Mas, pessoal, nós estamos conectados e próximos, dividindo tanto as dores quanto as alegrias", disse Jimin. "Se nós tivermos a coragem, e teremos, vamos superar qualquer coisa. Tenho certeza de que vamos conseguir com o poder da nossa conexão.

"Em tempos como esse nós precisamos ter mais confiança sem dúvida, nos cuidar mais do que ter raiva. Como cidadãos da Coreia e do mundo, BTS vai encarar este desafio com todos vocês" destacou Jungkook.

"Eu espero que em breve nós possamos ver aqueles que amamos, compartilhar uma refeição e conversar juntos. Espero que em breve possamos cantar e ficar felizes junto a vocês", afirmou V.

 

A BigHit Entertainment, agência que administra o grupo, atualizou os armys sobre as incertezas que pairam sobre os preparativos da turnê mundial deste ano diante da pandemia do novo coronavírus. A empresa ainda não alterou datas, mas ressaltou que está monitorando as situações nos países e cidades que fazem parte da agenda e que mudanças são avaliadas. Os shows que aconteceriam em Seul, em abril, já tinham sido cancelados.

"Com a expansão global da Covid-19, em alguns países e cidades, o nível de imprevisibilidade está se tornando mais alto para se preparar para os shows. Como resultado das atuais circunstâncias globais, prevemos ter que fazer alterações no cronograma atual da turnê", disse a BigHit em um comunicado publicado nesta terça-feira no aplicativo Weverse, plataforma de interação oficial do BTS com os fãs.

A agência destacou que a prioridade no momento é a saúde e a segurança dos artistas e seus fãs. Em nota, também agradeceu a compreensão e o apoio dos armys e pessoas envolvidas no trabalho.

"Qualquer cancelamento ou reprogramação será baseado em uma política de total cooperação com as orientações e diretrizes dos governos nacionais e casas de shows locais para garantir a saúde e a segurança de todos. Estamos fazendo todos os esforços para prosseguir com os eventos planejados, sempre que possível, no entanto, detalhes sobre quaisquer alterações serão fornecidos separadamente para cada região", acrescentou.

A gravadora disse ainda que começou a planejar novas datas e locais para a turnê BTS Map of the Soul aconteça em Seul quando a situação se estabilizar.

"Pedimos a sua compreensão enquanto continuamos nos esforçando para oferecer uma experiência nova e melhor do que nunca para a BTS MAP OF THE SOUL TOUR a todos os nossos fãs que, sem dúvida, ficaram desapontados com os cancelamentos recentes", disse.