BTS na Casa Branca: Biden divulga prévia da conversa com o grupo; assista

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O presidente dos EUA, Joe Biden, divulgou uma prévia de sua conversa com o grupo sul-coreano BTS que, nesta terça-feira, vistou a Casa Branca, em Washington, em razão do mês da herança dos ásio-americanos, havaianos nativos e povos das ilhas do Pacífico (AANHPI). O septeto, formado por RM, Jin, Suga, J-Hope, Jimin, V e Jungkook, discursou sobre quebra de preconceitos e importância da inclusão e respeito na sociedade.

Biden ainda avisou na postagem que mais conteúdo de seu encontro com o BTS deve ser divulgado em breve.

Segundo jornalistas que estiveram presentes na sala de imprensa da Casa Branca, a visita dos artistas movimentou a conferência da presidência, atraindo mais repórteres e fotógrados do que normalmente.

Confira a tradução do vídeo postado por Biden no Twitter:

RM: É uma honra conhecê-lo, Sr. Presidente.

Biden: Bom, sejam vem-vindos à Casa Branca. Venham aqui, rapazes.

Este é um mês importante aqui nos Estados Unidos.

Muitos dos nossos amigos ásio-americanos têm sido alvo de real discriminação. Ódio apenas esconde. Quando pessoas boas falam sobre isso e dizem o quanto isso é ruim, ele decai. Então, obrigado.

RM: Nós gostaríamos de sinceramente agredecê-lo, por sua decisão, tal como sancionar a lei da Covid-19 contra crimes de ódio. Então nós só gostaríamos de ser uma pequena ajuda e verdadeiramente prezamos pela Casa Branca e as tentativas do governo de encontrar soluções.

Biden: As pessoas ligam muito para o que vocês dizem, e o que vocês estão fazendo é bom para todos. Não é só seu grande talento, é a mensagem que vocês estão passando. Isso importa.

Assista ao discurso realizado na terça-feira, 31:

RM: Obrigado, Karine, por suas palavras gentis. Olá, nós somos BTS. É uma grande honra ser convidado hoje para a Casa Branca a fim de discutir questões importantes de combate aos crimes de ódios contra asiáticos, inclusão asiática e diversidade.

Jin: Hoje é o último dia do mês da herança AANHPI, nós nos reunimos à Casa Branca para nos colocar junto à comunidade AANHPI e para celebrar.

Jimin: Nós estamos devastados pelo recente aumento de crimes de ódio, incluindo crimes de ódio contra ásio-americanos. Para colocar um fim nisso e para apoiar a causa, nós gostaríamos de aproveitar essa oportunidade para expor nossa voz novamente.

J-Hope: Nós estamos aqui graças a nosso ARMY, nossos fãs, ao redor do mundo. Nós temos diferentes nacionalidades e culturas e usamos diferentes línguas. Nós somos sempre verdadeiramente gratos.

Jungkook: Nós ainda ficamos surpresos que a música criada por artistas sul-coreanos alcançam tantas pessoas ao redor do mundo, transcendendo barreiras linguísticas e culturais. Nós acreditamos que a música é sempre uma incrível e maravilhosa forma de unificar todas as coisas.

Suga: Não é errado ser diferente. Penso que a igualdade começa quando nos abrimos e abraçamos todas nossas diferenças.

V: Todos nós temos nossa própria história. Nós esperamos que hoje seja um passo dado à frente rumo ao respeito e compreensão de cada um como uma pessoa valiosa.

RM: Por fim, nós agradecemos ao presidente Biden e à Casa Branca por nos oferecer essa oportunidade importante de falar sobre questões importantes, nos lembrando sobre o que podemos fazer enquanto artistas. Mais uma vez, muito obrigado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos