Buchecha, Anderson Leonardo, MC Koringa e Ivo Meirelles participam de EP com sucessos dos Mamonas Assassinas

·1 minuto de leitura

Se os Mamonas Assassinas gostavam de brincar com os estereótipos dos gêneros musicais, como fizeram com "Lá vem o alemão" e com "Bois don't cry" na década de 1990, iriam também se supreender com as releituras que os seus próprios sucessos ganharam no EP "Very Crazy", lançado nesta sexta-feira, dia 27, nas plataformas digitais.

Uma das faixas traz os funkeiros Buchecha e MC Koringa tranformando o hit "Pelados em Santos" em um jazz, com piano, instrumentos de sopro e coro.

Já "Vira vira" se tornou um samba de roda nas vozes de Anderson Leonardo, do grupo Molejo, e Ivo Meirelles.

Para finalizar, "Robocop gay" se tornou uma música eletrônica, dançante e em remix futurista com o produtor David Gomes.

Segundo a gravadora Universal Music, as novas versões foram aprovadas pelos herdeiros da banda e por Rick Bonadio, que foi o produtor original do grupo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos