Bulgária tem surto de gripe aviária em granja de patos

·1 min de leitura

SOFIA (Reuters) - Autoridade veterinárias da Bulgária vão sacrificar mais de 7 mil patos na vila de Malak Dol, no sul do país, depois da ocorrência de um surto de gripe aviária detectado em uma granja local, afirmou agência de saúde alimentar do país neste sábado.

A agência afirmou que a granja foi contaminada pela altamente patogênica influenza aviária tipo A.

Formas graves da influenza aviária, comumente chamada de gripe aviária, se espalharam pela Europa e Ásia nas últimas semanas. Na França, oito surtos ocorreram em fazendas, com os últimos sete casos ocorrendo no norte do país.

Gripe aviária geralmente é fatal para aves. Ela não é transmitida por alimentos, embora alguns casos em humanos da doença elevaram preocupações entre epidemiologistas.

(Por Tsvetelia Tsolova)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos