Burro acaba suspenso em carroça por excesso de peso e levanta suspeita de maus-tratos no Ceará

·1 minuto de leitura
Burro fica suspenso em carroça com tijolos, em Juazeiro do Norte - Foto: Divulgação
Burro fica suspenso em carroça com tijolos, em Juazeiro do Norte - Foto: Divulgação

Uma imagem chamou a atenção pela crueldade animal em Juazeiro do Norte, no Ceará. Um burro ficou suspenso em uma carroça que estava com excesso de peso. O episódio foi registado e denunciado à polícia ambiental.

De acordo com o portal G1, o dono do animal foi identificado e notificado para se apresentar à delegacia. A Polícia Civil do Ceará deve instaurar um inquérito.

Leia também

A Prefeitura de Juazeiro do Norte afirma, segundo o G1, que o "o estado físico do animal foi avaliado e não foi constatada nenhuma marca de agressão, como também o animal não estava em situação de desnutrição, apresentando, por conseguinte, uma saúde aparentemente boa".

O proprietário do animal foi orientado a não carregar uma carga excessivamente pesada na carroça atrelada ao animal, até para evitar que a conduta configurasse crime de maus-tratos. Ele chegou a alegar um problema na carroça para justificar a imagem chocante.

Ao G1, a Secretaria da Segurança do Ceará também confirmou que não havia sinal aparente de agressão ao animal.

Há um mês, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sancionou uma lei que torna mais rígida a punição por maus tratos a animais.

A lei estabelece pena de dois a cinco anos de reclusão em caso de condenação. A pena é aumentada de um sexto a um terço se o crime causa a morte do animal.