Busca de emprego na palma da mão: confira sites e aplicativos que ajudam quem procura uma vaga

O lançamento do aplicativo Mais Trabalho RJ trouxe à tona novamente o debate sobre uma forma de recolocação no mercado que está em ascensão: as inscrições por aplicativos e sites, que acabam encurtando o processo seletivo. Para ajudar o leitor que está em busca de uma oportunidade, o EXTRA reuniu dicas e listou os principais apps e páginas da internet (confira abaixo).

Clarissa Frossard, diretora executiva da Associação Brasileira de Recursos Humanos do Rio (ABRH-RJ), avalia que o recrutamento on-line é um movimento praticamente inevitável em que todas, ou a maior parte das etapas de seleção, são aplicadas à distância, desde o anúncio da oportunidade até a entrevista.

— O recrutamento on-line veio surgindo aos poucos e ganhando cada vez mais espaço. Essa tendência foi ainda mais impulsionada com a pandemia de Covid-19, quando muitos processos tiveram que ocorrer remotamente — explica Clarissa: — O processo seletivo é o primeiro contato efetivo dos candidatos com a organização. Por isso, é importante tornar essa experiência agradável e dinâmica.

Uma das dificuldades citadas por Michelen Oliveira Brito, de 36 anos, moradora de Madureira, na Zona Norte, é o baixo salário oferecido nas plataformas virtuais.

Ela diz que tomou um susto quando viu que a remuneração oferecida para a mesma função que exercia tinha uma diferença de R$ 1.100. Na empresa, explica, seu salário estava em torno de R$ 2.400, mas a oferta de emprego num aplicativo para o mesmo cargo era de R$ 1.300:

— Com a grande demanda de desempregados, algumas empresas baixam os salários. Como as pessoas precisam trabalhar, acabam aceitando.

Jaiana Soledade Furlaneto, de 33 anos, moradora da Penha Circular, também na Zona Norte, está em busca de uma colocação no mercado, mas sua principal dificuldade é a falta de experiência comprovada em carteira.

— Sempre fui autônoma, lidava com o público, e as empresas pedem quem tenha experiência em carteira. Isso dificulta muito — diz.

Sites e aplicativos

1. Mais Trabalho RJ

App criado pelo governo do estado, está disponível para os sistemas Android e iOS. Nele, há oportunidades para diferentes cargos e níveis de escolaridade. Podem se cadastrar trabalhadores em busca de vagas e empresas com oferta de oportunidades.

2. Vagas

O vagas.com.br descreve-se no próprio título. É um agregador de oportunidades cadastradas pelas empresas e que também faz a intermediação de comunicação entre a empresa e o profissional. É gratuito para o candidato e tem ferramentas para testes e entrevistas em vídeo direto pela plataforma. Tem aplicativos para Android e iOS (iPhone), além da navegação pelo computador.

3. Indeed

O Indeed.com.br reúne cerca de 250 milhões de visitas mensais. Não há custo para o candidato que cadastra o currículo e procura emprego na plataforma. A busca reconhece vagas similares. Então, mesmo que digite alguma posição, podem aparecer outras sugestões. Também há um comparador de salários que exibe um máximo e mínimo para um determinado cargo.

4. Trampos

Trampos.co (sem o “m” no final) se define como a ponte entre quem procura um “trampo” e quem quer contratar. Na página inicial de vagas, é possível ver os anúncios abertos por área de especialidade, antes mesmo de digitar um cargo específico.

5. Catho

A Catho.com.br é o único da lista que não é totalmente gratuito para candidatos. No plano Controle, o único sem custo, é permitida a candidatura em até três vagas por dia e qualquer atividade no site exige um cadastro prévio. Há diversos planos e perfis para escolha do candidato: profissional, estagiário, operacional — cada um com as restrições e valores diferentes.

6. InfoJobs

O InfoJos.com.br segue o que é encontrado nos concorrentes como Vagas, Trampos ou Indeed. No entanto, apesar de gratuito, algumas vagas são restritas ao plano pago. O InfoJobs tem aplicativos para smartphones Android ou iOS (iPhone).

7. 99jobs

A 99jobs.com é uma plataforma funciona como os anteriores. Não há custo nenhum para candidatos, e não é necessário fazer cadastro para pesquisar pelas vagas cadastradas no site. Porém, não há tantas posições publicadas, como no Vagas, e a busca não mostra resultados similares ao cargo pesquisado.

8. Empregos

O site Empregos.com.br funciona de forma diferente: o usuário não assinante pode apenas cadastrar o currículo para deixá-lo no banco de currículos do site. Para se candidatar a uma oportunidade ter mais destaque no perfil, é necessário ser assinante. Do contrário, é preciso esperar que empresas façam a busca e encontrem o currículo.

9. Banco Nacional de Empregos

No Banco Nacional de Empregos (bne.com.br), os candidatos podem cadastrar o currículo mesmo sem um login prévio. É possível tanto candidatar-se a uma vaga de emprego, por iniciativa do candidato, quanto esperar que uma empresa busque seu currículo no banco de dados.

10. Empregando Brasil

Assim como os demais, o empregandobrasil.com.br junta vagas e currículos na plataforma. Também é gratuito, até para empresas (a receita vem de publicidade ou de doações).

11. Trabalha Brasil

O site trabalhabrasil.com.br lembra bem os anúncios classificados do jornal: desde a tela inicial até uma busca retornará resultados de vagas disponíveis em diversos setores, com rolagem infinita na página. Há a função de alerta de vaga.

12. TAQE

O principal objetivo do TAQE (https://www.taqe.com.br/) é encontrar o candidato perfeito para as vagas divulgadas. Para isso, aplica vários testes nos usuários de forma gratuita. O jogo mapeia os aspectos da personalidade e mede o rendimento em questões como português e lógica, entre outras.

13. Sine Fácil

O app do governo federal pode ser baixado gratuitamente pelo celular. Nele são encontradas vagas para todos os níveis de escolaridade. O Sine faz um cruzamento de dados entre empregado e empregador. Por isso, é importante manter o cadastro atualizado para aumentar as chances de ser direcionado a uma oportunidade.

14. Fiverr

A Fiverr (https://br.fiverr.com/) é uma plataforma on-line de serviços freelancers. Nela, clientes e profissionais de todas as partes do mundo podem interagir em torno da prestação de serviços. originalmente criada em inglês, agora a plataforma adotou o português, a Fiverr Brasil.

15. Portal Emprego

Criado pela Comunidade Católica Gerando Vidas, o portalemprego.com.br oferece vagas de emprego para todos os níveis de escolaridade. A seleção é feita por análise curricular, e os candidatos são direcionados às vagas de acordo com o perfil desejado. Todo comunicado é feito via e-mail ou WhatsApp.

16. Luandre

A empresa de consultoria de Recursos Humanos Luandre faz a oferta de vagas por meio do site. O recrutamento também é realizado de forma on-line em candidatoluandre.com.br.

17. Fundação Mudes

A Fundação Mudes oferece vagas de estágio para os níveis superior, médio e técnico. O valor da bolsa-auxílio pode chegar a R$ 2 mil. Para se candidatar, basta acessar o site https://www.mudes.org.br/.

18. CIEE

O CIEE tem vagas para os níveis superior, médio e técnico. O cadastro pode ser feito pelo portal www.ciee.org.br. O CIEE também recruta pessoas com deficiência (PcDs). Os interessados enviar um currículo para programapcd@cieerj.org.br.

19. Trampolim

O aplicativo Trampolim (https://trampolim.app/) visa que as pessoas compartilhem vagas de trabalho que não são encontradas nos sites de emprego comuns ou nos casos em que pessoas com alguma dificuldade financeira não tenham acessos a essas oportunidades em sites pagos.

20. Plooral

A plataforma https://www.plooral.com/br é uma empresa de recrutamento e seleção de candidatos de diversos níveis de escolaridade e experiência. Na página, também é possível ver a remuneração e fazer pesquisas salariais para buscar a vaga desejada. A Plooral também oferece mentoria para empresas.

Redes sociais

1. LinkedIn

Da Microsoft, o LinkedIn é a principal rede social quando se pensa em vagas de emprego ou networking. Oportunidades podem ser publicadas diretamente pela plataforma. É fundamental manter o perfil atualizado e, inclusive, ter publicações que possam chamar a atenção de possíveis contratantes. Apesar de haver um plano premium, uma conta gratuita é suficiente para candidatar-se em vagas ou informar que está procurando emprego.

2. beBee

Similar ao LinkedIn, a bebee.com se define como uma rede de marca pessoal, para que profissionais de promovam diante de recrutadores e também criem uma rede de contatos. Há “colmeias” quais funcionam como comunidades e nichos para reunir usuários em um mesmo assunto ou categoria. Apesar do aspecto social, vagas também podem ser encontradas e publicadas na beBee.

3. Facebook

O Facebook tem uma seção destinada a vagas de emprego, acessada em facebook.com/jobs. No entanto, o que mais ganha destaque na rede social é a publicação em grupos. Na prática, é o chamado networking. Em um grupo, qualquer membro pode publicar a oportunidade de uma empresa, e os demais usuários podem enviá-la para candidatos. Procure grupos que tenham “vagas” no título, separados por área de atuação e região ou cidade.

4. Google

O Google faz um apanhado em sites de emprego e de empresas para listar direto na página de resultados da busca. Por exemplo: o usuário pode digitar “vagas perto de mim” ou “vagas em finanças sem experiência prévia” para ver as oportunidades abertas. Ainda dá para criar alertas para aquela pesquisa ou aplicar filtros para ter melhores resultados.

DICAS PARA A ENTREVISTA VIRTUAL

Grupos

Entre em grupos da sua profissão nas redes sociais. Além de coletivos genéricos, vale participar de comunidades on-line.

Siga a regra

Se a vaga oferecida solicita o currículo por e-mail, siga a instrução. “Novidades” podem excluir do processo seletivo.

Internet

Garanta um local com a conexão estável, que não vá interromper a chamada. Isso pode prejudicar a seleção.

Trajes

Escolha as roupas, o modo de falar e o ambiente que escolheria em uma entrevista presencial.

Incidentes

Se há uma construção perto de sua casa (com barulho de obra) ou se seu filho pode pedir algo durante a entrevista, avise ao recrutador.

Atenção

Mantenha o foco na entrevista e evite assuntos aleatórios e o uso de gírias.

Experiência

Converse com o recrutador sobre as atividades realmente desempenhadas. Se tiver dúvidas, pergunte.


Fonte: Paulo Vasconcelos, da Comunidade Católica Gerando Vidas

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos