Cássio diz que não esperava ser eleito melhor jogador do Mundial

O goleiro Cássio herói do bicampeonato mundial do Corinthians por ter feito grandes defesas na vitória por 1 a 0 diante do Chelsea, neste domingo em Yokohama, disse que "não esperava" ser eleito melhor jogador do torneio.

Ele repetiu o feito de Rogério Ceni, outro goleiro a levar a Bola de Ouro de melhor jogador do Mundial após a vitória do São Paulo sobre o Liverpool em 2009.

Aos 25 anos, Cássio começou o ano como terceiro goleiro do Timão após ter passado momentos difíceis no PSV Eindhoven, da Holanda, onde jogou apenas 17 partidas em cinco anos. Ele acabou dando a volta por cima ao ganhar a posição de Júlio César, brilhando na Copa Libertadores, na qual conquistou o título inédito ao levar apenas quatro gols durante toda a competição.

"Quando fiquei sem jogar no PSV, cheguei a duvidar. Pensei em parar de jogar, mas agora dei a volta por cima. Em um ano, ganhei dois títulos importantes com o Corinthians. Não esperava passar por um momento como este. Estou muito feliz", comemorou.

Das defesas espetaculares que fez durante o jogo, aquela que segundo ele foi a mais difícil foi em chute do nigeriano Victor Moses aos 40 minutos de jogo.

"Eu estava adiantado, mas consegui dar um passo para trás e tirei proveito da minha envergadura para fazer esta grande defesa", lembra.

Com as boas atuações na Copa Libertadores, Cássio foi convocado para a seleção brasileira em setembro para amistosos contra África do Sul e China.

"O Corinthians me abriu portas e agora tenho reconhecimento no Brasil. Foi uma grande conquista e estou muito orgulhoso pelo que fizemos com este grupo maravilhoso", completou.

Carregando...

YAHOO NOTÍCIAS NO FACEBOOK

Siga o Yahoo Notícias