Câmara Baixa dos EUA flexibiliza emissão de visto para intérpretes afegãos

·1 minuto de leitura
A Câmara dos Representantes concordou em acelerar o processo de solicitação de vistos para afegãos que ajudaram o exército americano

A Câmara dos Representantes concordou nesta terça-feira (29) em acelerar o processo de solicitação de vistos especiais de imigrantes para afegãos, à medida que cresce a pressão para que Washington ajude os milhares deles que enfrentam retaliação por ajudar as forças americanas.

À medida que a retirada das tropas americanas do Afeganistão entra em vigor antes do prazo de 11 de setembro anunciado pelo presidente Joe Biden, aumentam as preocupações com o destino de 18.000 tradutores, intérpretes, motoristas e outros afegãos que aguardam notícias sobre seus pedidos de realocação para os Estados Unidos.

O tempo de espera costuma se arrastar por anos, e o país devastado pela violência está experimentando um aumento nos combates com as forças do Talibã, que tenta retomar uma parte substancial do território.

O projeto de lei que obteve aprovação da Câmara, aprovado dentro de um pacote de projetos com amplo apoio bipartidário, eliminaria a obrigatoriedade de realização de exame médico para candidatos elegíveis ao status de imigrante especial.

"Este projeto salvará vidas, mas ainda não terminamos", tuitou o congressista democrata Jason Crow, que serviu no Afeganistão e é o principal defensor do projeto. "Devemos terminar o trabalho e evacuar nossos parceiros que estão em risco."

A medida segue agora para o Senado, para depois ser sancionada pelo presidente Biden.

mlm/bfm/ll/dga/am

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos