Câmara deve votar MP das concessões e emendas da recuperação dos Estados nesta 3ª

Presidente da Câmara, Rodrigo Maia, faz discurso na casa 13 de julho de 2016. REUTERS/Adriano Machado

BRASÍLIA (Reuters) - A Câmara dos Deputados deve votar nesta terça-feira a chamada MP das concessões, que fixa regras para a prorrogação e a relicitação de contratos de infraestrutura, e ainda tentará dar continuidade à análise de emendas ao projeto que estabelece um regime de recuperação fiscal a Estados endividados, informou o líder do PSDB na Casa, Ricardo Tripoli (PSDB-SP).

As votações foram acertadas em reunião do colégio de líderes da Câmara, e, segundo o deputado, a oposição ainda não manifestou intenção de oferecer obstrução. A votação das emendas ao projeto da recuperação fiscal se estenderia também para a quarta-feira.

A pauta da semana foi acertada entre os líderes de bancada, mas a Casa ainda se apresentava bastante esvaziada no fim da tarde desta terça-feira. Para haver qualquer tipo de deliberação no plenário, é necessária a presença de pelo menos 257 deputados.

A medida provisória das concessões precisa ser votada pela Câmara e depois pelo Senado até o dia 4 de maio ou perde a validade.

Além do quórum, outro fator que pode prejudicar as votações no plenário da Câmara: a atenção e o esforço de aliados estarão concentrados na reforma da Previdência, medida prioritária para o governo que deve ser votada na quarta-feira na comissão especial da Câmara.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)