Câmara dos Deputados cria comissão para reduzir mortes de policiais

·1 minuto de leitura

A Câmara dos Deputados criou uma comissão externa para debater políticas que visem reduzir mortes de policiais. A atuação do grupo terá violência e Covid-19 como focos. A proposta é percorrer estados para coletar informações e elaborar um plano de ação para proteger agentes de segurança. O Rio de Janeiro será um dos primeiros contemplados, adianta o deputado Sargento Gurgel (PSL-RJ), autor do requerimento que deu origem à comissão:

— A ideia é analisar dados públicos de ocorrências. Queremos saber quantos policiais morreram por ausência de blindagem na viatura ou colete balístico; se foi detectada deficiência no armamento na ocasião; se a morte está ligada à falta de capacidade de reação do agente; se eles estão recebendo os equipamentos corretos de proteção contra a pandemia...

A partir desse levantamento, o grupo apontará soluções.

— Estamos estudando uma parceria com o Ministério da Justiça. Vamos tentar entender se falta legislação ou ações do Congresso e dos governos federal ou estadual — afirma o parlamentar.

O início dos trabalhos ainda depende do aval do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL).